TurismoAzul 2013 - Todos os direitos reservados.​

É proibida a cópia e/ou reprodução das fotos sem a autorização

do autor, de acordo com a Lei 9610/98 dos Direitos Autorais.

  • Twitter Square
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook Basic

Osaka é uma cidade japonesa localizada na província de mesmo nome. Com uma população estimada em 2.691.601 habitantes é a terceira cidade mais populosa do Japão, atrás somente de Yokohama e da capital, Tóquio. Localiza-se em região de Kansai, no sul da ilha de Honshu. Forma com as cidades periféricas de Kobe e Kyoto (e respectivas regiões metropolitanas) uma aglomeração urbana de 17,4 milhões de habitantes.

 

Originalmente fundada durante a Era Edo, está entre as cidades mais antigas do país, havendo vestígios de palácios imperiais desde o século IV, incluindo o mundialmente famoso Ōsaka-jō (ou "Castelo de Osaka", em tradução para o português), erguido no século XVI e um dos mais importantes símbolos da cidade.

Considerado o segundo mais importante centro financeiro do Japão, sendo superado somente por Tóquio, está entre os maiores centros de negócios e finanças do planeta. Sua região Metropolitana, conhecida como "Keihanshin", é a segunda mais importante do país (atrás apenas, mais uma vez, da de Tóquio) em termos financeiros, e seu Produto Interno Bruto (PIB) está estimado em US$390 bilhões, o 9o maior do mundo (segundo dados de 2008).

Historicamente um importante centro comercial do Japão, Osaka possui funções como um dos principais e mais desenvolvidos centros de comando para a economia asiática. Centro de uma conurbada aglomeração urbana, a população da cidade de Osaka aumenta, em dias úteis, durante o dia, de 2,6 para cerca de 3,7 milhões de habitantes (2010; fazendo com que a cidade, durante esse período figure como a segunda mais populosa do país, superada somente pela capital Tóquio e superando Yokohama), em razão das mais de 1,1 milhão de pessoas que se deslocam de cidades periféricas ou próximas para trabalhar ou estudar. Durante a Era Edo, costumava ser referido como a "Cozinha da Nação", porque era o centro nacional do comércio de arroz, e de armazenamento de peixes e grãos.

A cidade de Osaka localiza-se a oeste da Baía de Osaka. É completamente cercada por mais de dez cidades menores, todos elas na Prefeitura de Osaka, com uma exceção da cidade Amagasaki, pertencente à Prefeitura de Hyogo, a noroeste. A cidade ocupa uma área maior (cerca de 13%) do que qualquer outra cidade ou vila dentro da Prefeitura de Osaka. Quando Osaka foi criada em 1889, a cidade ocupava aproximadamente 15 km² — o que hoje são os bairros de Chuo e Nishi, localizados ao norte da atual Osaka, e se transformou hoje 223 km²  ao longo de várias expansões. O maior salto foi em 1925, quando 126 km² (ou 31,1 mil hectares) foram anexados oficialmente a área da cidade. O ponto mais alto em Osaka está na Tsurumi-ku a 375 metros acima do nível do mar, e o ponto mais baixo fica na área portuária de Nishiyodogawa-ku, com -2,2 metros abaixo do nível do mar.

A cidade Osaka pertence à zona climática japonesa de subtropical úmido, com as quatro estações definidas. Os invernos são geralmente ligeiros, e a cidade raramente vê neve durante o mesmo. A Primavera em Osaka começa leve, mas acaba por ser quente e úmido. Ela também tende a ser mais chuvosa estação de Osaka, com fortes chuvas sendo registradas entre abril e junho. Os verões são muito quentes e úmidos. Nos meses de julho e agosto, a temperatura média diária se aproxima de 35 °C, enquanto que as temperaturas médias noturnas geralmente variam em torno de 25 °C.

Com inúmeras e variadas lojas para todos os gostos e gastronomia cosmopolita, vale a pena conhecer Osaka.

Osaka